Starr foi o último membro dos The Beatles a ser induzido como artista a solo no Rock and Roll Hall of Fame – algo que a artista japonesa, viúva de John Lennon, não compreende.

“Ninguém vai, provavelmente, acreditar, mas ele [Ringo Starr] era o Beatle mais influente”, revelou Yoko Ono em entrevista à “Rolling Stone”. “Por alguma razão, o John conseguiu [entrar no Rock and Roll Hall of Fame como artista a solo], depois conseguiu o George [Harrison], e depois o Paul [McCartney]. Por que motivo não pensaram eles no Ringo?”, questionou.

Também Ringo Starr mencionou a longa espera pela indução no seu discurso de agradecimento: “Vocês sabem, é uma grande honra ser induzido no Rock and Roll Hall of Fame. Estava a dar entrevistas e todos eles perguntavam: ‘Porque esperaste tanto?’. Não teve nada a ver comigo. Tu tens que ser convidado. Mas, aparentemente, estou convidado e estou a adorar”.

Além de Ringo Starr, também foram este ano agraciados com a introdução no Rock and Roll Hall of Fame Lou Reed, Joan Jett, Green Day, Bill Withers, Stevie Ray Vaughan and Double Trouble, Paul Butterfield Blues Band e “5” Royales.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.