"Mestres do Ar", que conta com Steven Spielberg, Tom Hanks e Gary Goetzman como produtores executivos, é a primeira grande aposta de 2024 da Apple TV+.

A produção é baseada no livro "Masters of the Air: America's Bomber Boys Who Fought the Air War Against Nazi Germany", de Donald L. Miller, e conta com um elenco de estrelas: Austin Butler, Callum Turner, Barry Keoghan, Anthony Boyle, Nate Mann, Rafferty Law, Josiah Cross, Branden Cook e Ncuti Gatwa.

Para a produção, o serviço de streaming 'abriu os cordões à bolsa'. Segundo o site Puck, citado pela Variety, os nove episódios da minissérie terão custado à Apple cerca de 300 milhões de dólares (cerca de 277 milhões de euros).

Em média, cada episódio de "Mestres do Ar" custou aproximadamente 33 milhões de dólares.

Veja o trailer:

"Mestres do Ar", segue os Bloody Hundredth, enquanto levam a cabo bombardeamentos contra os nazis. "Durante a Segunda Guerra Mundial, os aviadores arriscam suas vidas com o 100º Grupo de Bombardeiros, uma irmandade forjada pela coragem, perda e triunfo", resume a Apple TV+.

A minissérie centra-se nos ataques à Alemanha de Hitler, enquanto o 100.º Grupo de Bombardeiros dos Estados Unidos realiza "perigosos ataques e lida com condições adversas devido ao gelo, como a falta de oxigénio e o terror absoluto de combater a mais de 7500 metros de altura".

"Retratar o valor psicológico e emocional que estes jovens pagaram para ajudar a acabar com o horror do Terceiro Reich de Hitler está no cerne de 'Mestre do Ar'. Alguns foram abatidos e capturados; outros ficaram feridos ou morreram. E alguns tiveram a sorte de voltar para casa. Independentemente do destino individual, todos pagaram um preço", frisa a Apple TV+.

Gravada em campos e cidades do sudeste da Inglaterra, a minissérie "retrata um momento único e crucial na história mundial".

Tudo o que se passa à frente e atrás das câmaras!

Receba o melhor do SAPO Mag, semanalmente, no seu email.

Os temas quentes do cinema, da TV e da música!

Ative as notificações do SAPO Mag.

O que está a dar na TV, no cinema e na música!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOmag nas suas publicações.