Os Keane estão de volta aos palcos e prometem um novo disco para breve. Apesar da pausa de seis anos, a banda britânica nunca foi esquecida - canções como “Everybody's Changing”, "Somewhere Only We Know”, “This Is the Last Time” e "Sovereign Light Café” continuam a tocar diariamente nas rádios de todo o mundo e foram cantadas a uma só voz pelos festivaleiros no primeiro dia do MEO Marés Vivas.

O regresso da banda de Tom Chaplin, Tim Rice-Oxley, Jesse Quin e Richard Hughes tem sido celebrado por todos os fãs. "Tivemos 10 anos muito intensos com digressões e discos e entrámos nesse ciclo. Acho que quando fazes algo que adoras, se fazes isso durante muito tempo... deixas de gostar tanto. E o Tom disse que queria fazer algo, onde fosse compositor - as nossas canções são escritas pelo Tim", explica Richard, baterista dos Keane, ao SAPO Mag.

Mas porquê regressar agora, depois de um período difícil para Tom Chaplin, Tim Rice-Oxley.  "O Tim estava a sair de uma horrível separação e ele escreveu canções. Escreveu canções incríveis e o Tom e eu fomos ouvi-las. Só as queríamos gravar. São canções lindas e que significam muito para o Tim e todos nos sentimos inspirados para as gravar", conta.

"Todos dissemos que só faríamos isto por diversão", acrescenta. "Voltar a tocar as canções novamente, depois do intervalo, faz-nos sentir que são coisas frescas. Depois fomos para estúdio para ver como seria - dissemos que só voltaríamos se fosse divertido", conta.

"É tão ver os fãs novamente, há tantas caras conhecidas que já não víamos há alguns anos. Alguns dos mais velhos, já têm filhos... a vida muda. Mas é fantástico sentir como os fãs são leais e que esperaram por nós", frisa.

Atualmente os Keane estão a terminar um novo disco, que deverá ser lançado nos próximos meses. "É um disco brutal. É como um documento honesto sobre as lutas do Tim nos últimos anos. É incrivelmente honesto", descreve.

Veja no vídeo a entrevista:

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.