"Atualmente, não estamos a fazer nada. Telefonei e enviei e-mails para o seu colaborador mais próximo, e obtive respostas muito amáveis. Até o momento, é isso", declarou Danius à rádio pública SR.

O cantor e compositor americano reagiu com silêncio ao prémio que lhe foi concedido na última quinta-feira. Na mesma noite deu um concerto em Las Vegas e não fez qualquer comentário sobre o Nobel.

"Não estou preocupada, tenho a impressão de que se manifestará", prosseguiu Danius.

Todos os anos, a 10 de dezembro os escolhidos recebem o prémio das mãos do rei da Suécia durante uma cerimónia e fazem um discurso. Até o momento, a Academia Sueca não sabe se Bob Dylan tem a intenção de comparecer no evento.

"Se não quiser vir, não virá. Apesar disso será uma grande festa. O prémio pertence-lhe", explicou a secretária.

Bob Dylan, de 75 anos, cujo verdadeiro nome é Robert Allen Zimmerman, é um dos cantores e compositores mais influentes da história da música moderna. É o primeiro músico a obter esta prestigiada distinção.

Veja também:

O que define alguém como escritor?

Além do cantautor, conhece o pintor?

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.