Promovida pela Associação Portuguesa de Empresários e Artistas Circenses (APEAC), a ação realiza-se na Avenida dos Aliados, no Porto, e na Praça do Rossio, em Lisboa, e consiste em pequenas demonstrações da arte circense com artistas profissionais em “pista, numa magnânima demonstração desta secular arte após um ano de interregno”, disse à agência Lusa Pedro Moreira, da organização.

“O Dia Mundial do Circo celebra-se, habitualmente, no segundo sábado do mês de abril e este ano quisemos chamar a atenção para a arte do circo que apesar de parada devido à pandemia continua”, acrescentou.

Pedro Moreira realçou que o facto de muito recentemente o circo ter sido considerado como uma arte também levou a que fosse organizada esta iniciativa para assinalar uma arte “que é muito querida dos portugueses”.

Participam nas iniciativas perto de 30 companhias que se farão representar por alguns artistas premiados nas edições anuais do Festival de Circo de Monte Carlo, no Mónaco, frisou Pedro Moreira.

As iniciativas, que funcionarão como uma antecipação do regresso ao trabalho previsto para maio, contarão com demonstrações de canto, trapézio e palhaços cómicos.

Tudo o que se passa à frente e atrás das câmaras!

Receba o melhor do SAPO Mag, semanalmente, no seu email.

Os temas quentes do cinema, da TV e da música!

Ative as notificações do SAPO Mag.

O que está a dar na TV, no cinema e na música!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOmag nas suas publicações.