A quarta edição do festival de música Soam as Guitarras deveria começar no próximo sábado, dia 28, em Setúbal, e contaria com concertos e espetáculos até abril, em Oeiras, Évora e Póvoa de Varzim.

Em comunicado, a organização explica que fez “todos os esforços junto dos artistas, coprodutores e parceiros, no sentido do reagendamento dos concertos anunciados, tendo já pronto um novo calendário”.

A divulgação das novas datas e de toda a informações sobre bilhética só será feita depois de levantado o estado de emergência, seguindo uma norma revelada hoje pela Inspeção-Geral das Atividades Culturais (IGAC).

“Face às condições especiais e excecionais que o país atravessa, o anúncio da data dos eventuais reagendamentos de espetáculos ou o cancelamento definitivo dos mesmos, pode ocorrer após o levantamento do estado de emergência”, explica a IGAC na página oficial.

Na edição de 2020 do festival, Mafalda Veiga e Sérgio Godinho apresentam novos espetáculos, e Ricardo Ribeiro e o Lisboa String Trio, Manuel de Oliveira e Marco Rodrigues, Mário Lúcio e Teresa Salgueiro juntam-se em palco pela primeira vez.

O cartaz inclui ainda espetáculos de Tatanka, Ricardo Parreira, Luís Guerreiro, Pedro Caldeira Cabral, o projeto Raia.Planeta Campaniça, de António Bexiga, Miramar e os Dead Combo.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da COVID-19, já infetou mais de 341 mil pessoas em todo o mundo, das quais morreram mais de 15.100.

Em Portugal, há 23 mortes e 2060 infeções confirmadas, segundo o balanço feito hoje pela Direção-Geral da Saúde.

Dos infetados, 201 estão internados, 47 dos quais em unidades de cuidados intensivos.

Portugal encontra-se em estado de emergência desde as 00:00 de quinta-feira e até às 23:59 de 2 de abril.

Mais informações sobre o COVID-19.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.