A atriz Natalie Portman lidera um grupo responsável por fundar uma nova equipa que disputará o futebol feminino em 2022, e que também conta com outras estrelas famosas de Hollywood como Jessica Chastain e Eva Longoria e atletas como Serena Williams, anunciou esta terça-feira (21) a Liga Feminina (NWSL).

"Um grupo maioritariamente fundado por mulheres e liderada pela atriz e ativista Natalie Portman [...] tem assegurado o direito exclusivo de levar uma equipa de futebol feminino profissional a Los Angeles para arrancar na primavera de 2022", informou a NWSL em comunicado.

A equipa de Los Angeles, inicialmente chamada de Angel City, tornar-se-á a 11ª da NWSL, já que outra, a Louisville FC, irá unir-se aàs atuais nove em 2021.

Além de Portman, outros membros do grupo fundador são a investidora em capital de risco da tecnologia Kara Nortman e a empresária do setor dos videojogos Julie Uhrman, que ficará com a presidência da nova equipa de futebol.

Primeira equipa liderada por mulheres

"Hoje damos um passo emocionante ao anunciar o primeiro grupo proprietário liderado por mulheres", disse Natalie Portman, vencedora do Óscar de Melhor Atriz por "Cisne Negro" em 2010.

"Os desportos são uma forma tão alegre de unir as pessoas e isso tem o poder de fazer uma mudança tangível para as desportistas femininas tanto na nossa comunidade como na esfera profissional", declarou.

"Esperamos ter um impacto substancial na nossa comunidade, comprometendo-nos a ampliar o acesso aos desportos para os jovens de Los Angeles", salientou a estrela, que durante a sua carreira se tem envolvido em diversas causas sociais, incluindo o movimento "Time's Up", que luta contra o assédio e o abuso sexual na indústria do entretenimento.

Entre os investidores da nova equipa estão ainda atrizes como Jennifer Garner e America Ferrera, e atletas como a tenista campeã Serena Williams e mais de uma dezena de antigas jogadoras de futebol, entre elas Mia Hamm e Julie Foudy.

A NWSL, que em 2013 celebrou a sua temporada inaugural, foi a primeira liga de desporto profissional dos Estados Unidos que regressou à atividade no meio da pandemia da CIVD-19.

O seu torneio, a Challenge Cup, perdeu algumas figuras como a atual Bola de Ouro feminina, Megan Rapinoe. A liga retomou a 27 de junho em dois estádios com as portas fechadas no estado de Utah e terá a sua final no próximo domingo.

Os EUA são uma das grandes potências do futebol feminino e atual campeão mundial.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.