Luís Severo atua pelas 19:30 e Crystal Fighters fecham o festival às 2:40, em mais uma noite de seis concertos, totalizando as 18 bandas em palco desde quinta-feira.

Liderados por Tim Booth, os britânicos James venderam mais de 25 milhões de álbuns em todo o mundo desde 1982 e têm fãs fiéis em Portugal, onde este ano já atuaram em junho, no Rock in Rio, em Lisboa.

Também presença assídua nos palcos portugueses, os belgas dEUS (na foto acima) chegam esta noite ao EDP Vilar de Mouros com uma carreira de 27 anos e sete álbuns editados.

Com honras de encerrar o festival, os Crystal Fighters foram formados entre o Reino Unido e Espanha em 2007, misturando o folk e a eletrónica.

Vilar de Mouros acolhe também John Cale, ex-Velvet Underground que iniciou carreira a solo em 1970, ainda com a banda em atividade. Nesse ano editou o álbum de estreia, “Vintage Violence”. O disco mais recente de Cale é “M:FANS”, de 2016.

Quanto a Los Lobos, formaram-se na Califórnia, Estados Unidos da América, em 1973, e são os autores da popular versão de “La Bamba”, do filme homónimo sobre o cantor Ritchie Valens.

Luís Severo, que durante vários anos se dedicou ao projeto Cão da Morte, assumiu-se em nome próprio e o álbum com o seu nome foi em considerado por vários meios especializados como o melhor disco de 2017.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.