E porque não? Com mais de 250 milhões de discos vendidos, o britânico é um dos músicos de maior sucesso da história.

Depois das suas muito mediáticas lutas contra os vícios e transtornos alimentares, aos seus 68 anos o artista é o orgulhoso pai de dois filhos. Em 2014, casou-se com seu companheiro de muito tempo, depois de a Grã-Bretanha legalizar o casamento entre homossexuais.

O cantor sugere neste novo disco que virou esta página na sua vida. Agora, "I'm looking up more than I look down / The view's a whole lot better a second time around" ("Estou a olhar mais para cima do que para baixo/ A vista é muito melhor quando se vê uma segunda vez"), canta em "Time is wasted looking back".

Elton John continua a ser uma voz da consciência social mundial. Nos últimos meses, voltou a ocupar as manchetes por acusar o presidente russo, Vladimir Putin, de homofobia e por se ter unido à luta contra a mudança climática.

Mas qualquer que seja o estado do mundo, Elton John parece ter encontrado um "final edificante para a vida", como disse numa entrevista recente.

"Nunca fui mais feliz", garantiu à agência britânica de notícias Press Association. "Não esperava achar a paternidade tão divertida. Sabia que ia desfrutar dela, mas nunca imaginei que seria tão feliz", revelou.

Esse estado de ânimo parece ter influenciado "Wonderful Crazy Night", o seu 33º álbum. Para completar este bom momento, o cantor reencontrou-se com a sua banda original, incluindo o guitarrista Davey Johnsone e o baterista Nigel Olsson.

Em "Wonderful Crazy Night", Elton John recupera o seu estilo tradicional, com um piano que tem raízes no blues, mas que utiliza ganchos pop imediatos. Trata-se de um som que supera a prova do tempo e continua a agradar aos fãs, embora seja pouco provável que surpreenda algum.

Na verdade, a carreira do britânico está a mudar de outras formas. Sendo um dos artistas de maiores bilheteiras do mundo, especialmente quando atua em Las Vegas, o cantor disse que planeia limitar o número de espetáculos para se concentrar mais na família.

Como veterano do piano, declarou que teve de ajustar a sua forma de tocar ao seu novo estado de espírito. O novo álbum exala otimismo e, como o próprio cantor admitiu, "é muito difícil escrever este tipo de canção". "Como pianista, geralmente escrevi canções infelizes", declarou à BBC Radio.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.