Os quatro membros do grupo de música britânico Viola Beach e o manager, Craig Tarry, morreram num acidente do automóvel onde seguiam em Estocolmo, na Suécia, confirmou este domingo, 14 de fevereiro, a família de Tarry.

"Podemos confirmar que o nosso filho Craig, e os quatro membros do grupo Viola Beach tiveram um acidente mortal", na noite de sexta-feira para sábado, acrescentou a mesma fonte num comunicado transmitido à imprensa pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros britânico.

Cinco pessoas, todas de nacionalidade britânica, morreram neste acidente, em Södertälje, no sul de Estocolmo, indicou também um porta-voz da polícia sueca, Towe Hägg.

As cinco vítimas tinham entre 20 e 35 anos.

Segundo testemunhas no local, o automóvel não parou quando a ponte móvel que atravessa a autoestrada ainda não tinha retomado posição depois de ter sido retirada para deixar passar um barco, tendo a viatura caído ao rio.

De acordo com os primeiros elementos do inquérito iniciado, as barreiras e os sinais luminosos funcionaram corretamente, e uma testemunha no local, Jonny Alexandersson, deu indicações à polícia que o automóvel da banda rodava a uma "velocidade louca", de pelo menos 70 a 80 quilómetros.

O grupo tinha atuado no festival "Where's the music", em Norrköping, e deveria regressar ao Reino Unido para atuar em Guildford, no sul de Inglaterra.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.