O ator Idris Elba deu positivo no teste do novo coronavírus. Nas redes sociais, o britânico confirmou a notícia avançada pela Sky News.

"Esta manhã fiz um teste ao COVID-19 e deu positivo. Não tenho sintomas até agora, mas tenho estado isolado desde que me apercebi de uma possível exposição ao vírus", contou no vídeo publicado no Twitter.

"Fiquem em casa e sejam pragmáticos. Vou manter-vos informados acerca da minha situação. Não há pânico", sublinha. "Agora é a altura para a solidariedade, para pensamos no outro", acrescenta o ator de 47 anos.

"Isto é sério, agora é hora de pensar em distanciamento social e em lavar as mãos. Há gente que não está com sintomas e pode facilmente espalhar o vírus", lembra no vídeo.

VEJA O VÍDEO:

Aos 47 anos, Idris Elba é um dos atores mais procurados em Hollywood e foi eleito pela revista People como o Homem Mais Sexy do Mundo em 2018. Preferido por muitos para ser o próximo James Bond, todos querem trabalhar com o britânico, mas foi uma longa jornada a fazer de polícia e ladrão até se tornar uma estrela.

"Absolutamente Fabulosas" (TV, 1995), "Lei & Ordem" (TV, 2001), "Os Polícias do Mundo" (2001), "28 Semanas Depois" (2007), "As Pragas" (2007), "RocknRolla: A Quadrilha" (2008), "Obsessão" (2009), "Os Perdedores" (2010), "Thor: O Mundo das Trevas" (2013), "The Gunman - O Atirador" (2015), "Beasts of No Nation" (2015), "Bastille Day - Missão Antiterrorista" (2016) e "A Montanha Entre Nós" (2017) são alguns dos projetos em que o ator participou.

Recorde na galeria alguns trabalhos do ator:

Nas redes sociais, os fãs não perderam tempo para enviar mensagens de apoio ao ator.

Na semana passada, Tom Hanks e a esposa, Rita Wilson, anunciaram também que estavam em quarentena num hospital da Austrália depois de serem diagnosticados com o novo coronavírus. Nas redes sociais, o ator tem mantido o optimismo e apelou a todos que seguissem as recomendações dos especialistas.

Em Portugal, 331 pessoas foram infetadas até hoje com o vírus da pandemia Covid-19, segundo o boletim diário da Direção-Geral da Saúde.

O coronavírus responsável pela pandemia da Covid-19 infetou cerca de 170 mil pessoas em todo o mundo, das quais mais de 6.500 morreram.

Das pessoas infetadas, mais de 75 mil recuperaram da doença.

O surto começou na China, em dezembro, e espalhou-se por mais de 140 países e territórios, o que levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia.

Mais informações sobre o COVID-19

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.