No recital, com entrada livre, Diana Vinagre toca um violoncelo Galrão, de 1769, e Miguel Jalôto, um pianoforte Van Casteel, de 1763.

O programa do recital, que faz parte do ciclo “Um Músico, Um Mecenas”, inclui peças de Tarquinio Merula (1595-1665), Antonio Vivaldi (1678-1741), Carl Phillipp Emanuel Bach (1714-1788), Francesco Geminiani (1687-1762), Ludovico Giustini di Pistoia (1685-1743) e Jean-Baptiste Barrière (1707-1747), entre outros compositores.

O violoncelo de Joaquim José Galrão (ou Galram, como também assinava) provém da célebre oficina de Lisboa, ativa durante o século XVIII. O pianoforte foi construído em Lisboa pelo flamengo por Henrique van Casteel, que se radicou em Portugal, durante uma década, pelos anos de 1760.

Tudo o que se passa à frente e atrás das câmaras!

Receba o melhor do SAPO Mag, semanalmente, no seu email.

Os temas quentes do cinema, da TV e da música!

Ative as notificações do SAPO Mag.

O que está a dar na TV, no cinema e na música!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOmag nas suas publicações.