Dina, cantora conhecida por temas como "Há Sempre Música Entre Nós" e "Amor de Água Fresca", morreu na noite de ontem, confirmou o Hospital Pulido Valente ao SAPO Mag. A artista estava à espera de um transplante de pulmão desde janeiro de 2018.

A artista despediu-se dos palcos em 2016, devido a uma fibrose pulmonar. Para celebrar os quase 40 anos de carreira da cantora e compositora, cerca de 15 músicos portugueses juntaram-se no Teatro São Luiz, em Lisboa.

Dina descobriu que sofria de fibrose pulmonar em 2006, mas só começou a perceber as suas limitações entre 2009 e 2010.

créditos: Tiago David

Dina, nome artístico de Ondina Maria Farias Veloso, nasceu no Carregal do Sal, a 18 de Junho de 1956. A cantora tinha 62 anos.

A artista concorreu ao Festival RTP da Canção em 1982 com as canções "Em Segredo" e "Gosto do Teu Gosto". Dez anos depois, Dina conquistou a vitória no concurso com a canção "Amor de Água Fresca", ficando em 17º lugar no Festival Eurovisão da Canção, na Suécia.

"Dinamite (Dina)" (1982), "Aqui e Agora" (1991), "Guardado em Mim" (1993), "Sentidos" (1997), "Guardado em Mim" (2002) e "Da Cor da Vida" (2008) foram os discos editados pela artista portuguesa.

A artista conquistou o seu primeiro disco de ouro com "Filha do Mar", tema da novela da TVI.

Dina deu também voz ao um dos temas principais da primeira telenovela portuguesa, "Vila Faia". A cantora criou também temas para a banda sonora da telenovela "Sonhos Traídos".

Em 2016, em entrevista ao SAPO Mag a cantora recordou a primeira vez que subiu a um palco. "A primeira vez que subi a um palco foi para representar, era aia de uma princesa. A primeira vez foi a fazer teatro, foi a cantar. Depois cantava as excursões da escola", contou.

"As minhas músicas são uma extensão de mim", confessou.

Em 2016, antes da despedida dos palcos, a cantora conversou com o SAPO Mag. Recorde a entrevista:

A convite de Manuel Monteiro, escreveu o hino do partido CDS-PP.

Adolfo Mesquita Nunes, antigo líder do CDS-PP, recordou a cantora nas redes sociais. "Morreu a Dina, que esperou anos e anos pelo reconhecimento do extraordinário primeiro álbum que lançou, o 'Dinamite'. Há uns anos fizeram-lhe um dos concertos de homenagem mais alegres e bonitos a que assisti. Era tão mais que o 'Amor De Água Fresca".

Recorde na galeria as imagens do último concerto de Dina:

Nas redes sociais, fãs e amigos têm recordado a cantora.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.