Do cartaz desta terceira edição fazem também parte o pianista britânico de jazz Alfa Mist, que apresentará o novo álbum, o norte-americano Lonnie Holley, intérprete de canções como “Here I Stand Knocking At Your Door”, e o pianista e compositor ucraniano Lubomyr Melnyk.

O pianista Alfa Mist abre o festival no dia 2 de maio, no palco da avenida da Liberdade da capital minhota, onde vai “apresentar o novo trabalho que sucederá aos icónicos ‘Nocturne’ e ‘Antiphone”, segundo comunicado do Theatro Circo, hoje divulgado.

A organização do festival traça o percurso do músico londrino, que começou como produtor de grime e hip-hop, e como “pianista autodidata enveredou pela música jazz”, tendo colaborado com artistas como Tom Misch e Jordan Rakei.

Na noite seguinte atua Lonnie Holley, músico e artista plástico, que regressou aos discos em 2018 com “MITH”, que “lhe valeu as mais altas críticas na imprensa”, segundo a mesma fonte.

Lonnie Holley, nascido há 66 anos no Estado norte-americano do Alabama, é o sétimo de 27 irmãos, pai de 15 filhos e conta que foi “comprado aos quatro anos, por uma garrafa de uísque".

Na mesma noite, antes de o músico norte-americano subir ao palco do Circo, atua Rami Khalifé, compositor e pianista franco-libanês, filho de um dos compositores mais consagrados do Líbano, Marcel Ralife.

Rami Khalifé, que trabalhou, recentemente, com a Orquestra Filarmónica do Catar, estreia-se em Portugal com o trabalho “Lost”, que “o designou como um dos compositores mais emocionantes da sua geração”.

A encerrar o Respira!, no dia 4 de maio, atua “um dos pianistas mais consagrados da atualidade”: Lubomyr Melnyk, de 70 anos, naquela que é a sua terceira presença em Portugal depois dos recitais em 2015 e 2017.

Melnyk é “conhecido por tocar num estilo que o próprio cunhou de 'música contínua’- técnica que consiste em tocar notas rápidas em longas séries e que começou a desenvolver quando trabalhava na Ópera de Paris, na década de 1970”.

Nesta mesma noite, atua, pela primeiravez em Portugal, a escocesa Kathryn Joseph, "uma pianista prodigiosamente talentosa, muitas vezes comparada a Björk e Antony Hegarty".

A pianista estreou-se discograficamente em 2015 com o álbum “Bones You Have Thrown Me And Blood I’ve Spilled”, lançado em 2015, eleito o Melhor Álbum Escocês do ano, no âmbito dos Prémios BBC, ao qual sucedeu “from when I wake the want is”.

As duas anteriores edições do Respira!, que contaram com nomes como Rufus Wainwright, Wim Mertens, James Rhodes, Douglas Dare, Grandbrothers e Vanessa Wagner, contabilizaram 4.200 espectadores, disse à agência Lusa fonte da organização.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.