A escolha dos três finalistas foi feita pelo público, em concertos que tiveram lugar no ano passado, estando a final marcada para 2 de maio, na Sala Suggia da Casa da Música, no Porto.

Segundo o resumo biográfico disponibilizado pela Casa da Música, Pedro Borges começou os estudos com 6 anos e concluiu a sua formação no Conservatório de Gaia com 20 valores, tendo estudado com Miguel Borges Coelho, na Escola Superior de Música e Artes do Espetáculo, no Porto, entre 2012 e 2016. Desde então, estuda piano e música de câmara em Basileia.

O Maat Saxophone Quartet é um coletivo português, criado pelos alunos do Conservatório de Amesterdão Pedro Castro e Silva, Catarina Gomes, Daniel Lourenço e Ana Oliveira, que já conquistou o Prémio Jovens Músicos/Antena 2, na categoria de música de câmara.

A cantora Rute Rita ganhou a Grande Noite do Fado do Porto na categoria juvenil, em 2005, mudando-se depois para Lisboa, “onde consegue trilhar um percurso artístico nas mais emblemáticas casas de fado”. Em palco, a fadista vai estar com Miguel Amaral, na guitarra portuguesa, André Teixeira, na viola, e Filipe Teixeira, no contrabaixo.

O prémio, no valor de cinco mil euros, “tem por objetivo distinguir e incentivar o trabalho de jovens músicos com idade até 35 anos e de nacionalidade portuguesa ou com residência em Portugal, de todos os géneros musicais, nas áreas da criação, interpretação e/ou desempenho em palco, e promover projetos artísticos de reconhecida qualidade”.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.