Ao segundo dia, já esgotado, o Alive conta com os britânicos Radiohead como cabeças-de-cartaz, quatro anos depois de o grupo lá ter atuado. Desta vez, a banda de Thom Yorke trará o álbum "A moon shaped pool", que reúne temas novos e outros que já tinham sido esboçados ou tocados ao vivo há vários anos.

Na digressão iniciada em maio, o grupo tem surpreendido o público por incluir canções que há muito estavam arredadas dos palcos, como "Creep", do início de carreira.

O concerto de hoje será às 22:45, depois de atuarem os australianos Tame Impala, que estiveram no Alive em 2013. Agora o grupo, com um rock psicadélico mais marcado pela 'disco', mostrará "Currents", o terceiro álbum.

Entre os mais de vinte concertos deste segundo dia do Alive, haverá ainda tempo para ouvir o fado de Hélder Moutinho, o hip hop de Mundo Segundo com Sam The Kid, o norte-americano Father John Misty, a australiana Courtney Barnett, Carlão e A Boy Named Sue, possivelmente o mais rock n'roll dos DJ portugueses.

O festival Nos Alive, a cumprir a décima edição, termina no sábado.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.