Portugal e França vão assinalar hoje, em conjunto, o Dia Internacional da Mulher, com uma homenagem à obra “Novas Cartas Portuguesas”, ato inaugural do Fórum pela Igualdade, que decorre na cidade francesa de Angers.

“Pela igualdade de género na Europa” é o mote do fórum que “nasceu da vontade comum de França e Portugal”, lê-se no programa oficial da iniciativa conjunta, integrada na Temporada Portugal-França 2022 e na presidência francesa do Conselho da União Europeia.

Ao longo de três dias, refere o mesmo documento, pretende-se “identificar e promover as melhores políticas e boas práticas da sociedade civil”, que concorram “para uma verdadeira igualdade e representação mais justa das mulheres (e, mais amplamente, das minorias de género) em profissões científicas e técnicas, nos meios de comunicação, no empreendedorismo e na criação cultural”.

O conteúdo das sete mesas redondas do fórum, que vão realizar-se na quarta e quinta-feira, foi escolhido em conjunto pelos dois países, nomeadamente pelos comissários da Temporada, Manuela Júdice (Portugal) e Victoire di Rosa (França).

Assinalando o Dia Internacional da Mulher, que hoje se celebra, o fórum arranca com uma celebração do “movimento de solidariedade entre feministas portuguesas e francesas” que se seguiu à publicação das “Novas Cartas Portuguesas” (abril de 1972).

De Maria Isabel Barreno, Maria Teresa Horta e Maria Velho da Costa – que ficaram conhecidas como as “Três Marias” -, a obra foi banida pela ditadura salazarista e as suas autoras levadas a julgamento (acabariam absolvidas já depois do 25 de Abril de 1974).

O ato inaugural do fórum pretende – segundo o programa divulgado – recordar as “Novas Cartas Portuguesas” como “um livro-marco na história do feminismo e da literatura portuguesa”.

A sessão de homenagem contará com intervenções das ministras da Cultura portuguesa e francesa, Graça Fonseca e Roselyne Bachelot-Narquin, respetivamente, bem como das escritoras Irena Carpa e Inês Pedrosa.

A atriz Teresa Coutinho lerá excertos da obra e será exibido o filme “Les trois portugaises (Les Trois Maria)”, da francesa Delphine Seyrig (1974).

O Fórum pela Igualdade – que terá continuidade em Lisboa, no outono – vai decorrer nas duas línguas (e em inglês) e será transmitido nas redes sociais da Temporada Portugal-França 2022.

A presidente da Comissão para a Cidadania e a Igualdade de Género, Sandra Ribeiro, estará presente na sessão de encerramento do encontro, na quinta-feira.

Tudo o que se passa à frente e atrás das câmaras!

Receba o melhor do SAPO Mag, semanalmente, no seu email.

Os temas quentes do cinema, da TV e da música!

Ative as notificações do SAPO Mag.

O que está a dar na TV, no cinema e na música!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOmag nas suas publicações.