Prince decidiu adiar a digressão europeia, que deveria iniciar-se a 24 de novembro, devido aos atentados de sexta-feira (13) em Paris, revelou a produtora francesa.

"Devido aos trágicos acontecimentos ocorridos em Paris, os organizadores decidiram adiar a digressão europeia", disse à France Presse fonte da empresa Interconcerts, mensagem que está no sítio da sala de espetáculos de Konzerthaus, em Viena, onde Prince deveria começar a digressão, a 24 deste mês.

A digressão europeia é a primeira que o "Kid de Minneapolis" contava fazer a solo, ao piano, ao longo de 15 datas em 12 países, entre eles França, Bélgica, Espanha, Reino Unido ou Suíça.

O espetáculo em Paris estava previsto para a Ópera Garnier, em dezembro.

Desde os atentados de sexta-feira que vários são os artistas ou bandas que cancelaram espetáculos na Europa, como os U2, Foo Fighters, Marilyn Manson, Mercury Rev, The Do, Nekfeu ou Soprano.

Um dos principais alvos dos atentados em Paris, que causaram 129 mortos e mais de 350 feridos, foi a sala de espetáculos Bataclan, onde atuava o grupo californiano Eagles of Metal Death. Só aí, o atentado provocou 89 mortos.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.