O serviço de streaming anunciou, esta segunda-feira (9), que tem uma vaga aberta de "Presidente das Playlists" e disse que procura um candidato com "pelo menos oito anos de experiência na governação de uma nação com alta autoestima".

E, para acabar com qualquer dúvida sobre quem a empresa tem em mente, o Spotify esclareceu que procura alguém com um "bom espírito de equipa, ética de trabalho excelente, uma atitude amistosa e acolhedora e que tenha vencido um prémio Nobel da Paz".

A companhia disse que o "Presidente das Playlists ficará encarregado de preparar listas de música para as diversas ocasiões, mais ou menos formais.

O presidente da empresa sueca, Daniel Ek, anunciou a oferta de emprego, depois de Obama ter mencionado a possibilidade de uma vaga no Spotify, contou Natalia Brzezinski, mulher do ex-embaixador americano na Suécia Mark Brzezinski.

"'Ainda estou a esperar o meu emprego no Spotify... Porque sei que todos vocês gostaram da minha playlist'", disse Obama, segundo Natalia Brzezinski.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.