Syro foi um dos nomeados na categoria Artista Revelação nos Play - Prémios da Música Portuguesa, que foram entregues na passada quinta-feira, dia 8 de julho, no Coliseu dos Recreios, em Lisboa. Depois da cerimónia, o músico partilhou um desabafo nas redes sociais.

"Desde que decidi começar o meu percurso enquanto Syro que me venho a deparar com dificuldades extra em merecer o meu devido respeito junto da indústria musical portuguesa", confessou, revelando que teve de pagar 20 mil euros para pôr um ponto final em contratos. "Não tenho dedos suficientes para contar a quantidade de vezes que me disseram que não ou tentaram cortar as pernas", frisou.

No texto, o artista conta ainda que já ouviu "na cara que nunca teria um lugar na indústria da música portuguesa por ser amador e a ela nada trazer de novo".

"Talvez porque nunca trilhei um caminho de mediatismo televisivo, talvez porque nunca forcei relações para meu proveito, talvez porque nunca fiz questão de me insinuar junto de quem mexe os cordelinhos invisíveis desta grande máquina que a vocês vos chega já parcial", acrescentou Syro na sua conta no Instagram.

"Esta mesma foto que partilho só existe porque insisti que ma tirassem. (...) Apagaram-me as luzes e fotógrafos foram embora quando eu quis pisar a carpete vermelha, eu, nomeado", contou.

Tudo o que se passa à frente e atrás das câmaras!

Receba o melhor do SAPO Mag, semanalmente, no seu email.

Os temas quentes do cinema, da TV e da música!

Ative as notificações do SAPO Mag.

O que está a dar na TV, no cinema e na música!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOmag nas suas publicações.