O ciclo de concertos, com curadoria da produtora Blue House e da editora Lux Records, ambas de Coimbra, arranca a 28 de maio, com concerto dos Birds Are Indie, que apresentam a edição em vinil de "Migrations - the travel diaries #2", anunciou hoje a organização da iniciativa.

"Todos os artistas convidados para estes encontros musicais estão, de alguma forma, ligados à Lux Records, e, nos concertos, serão privilegiadas apresentações de novos trabalhos discográficos", realçou a organização na nota de imprensa de apresentação do ciclo.

A 18 de junho, Sean Riley & The Slowriders, cuja edição em vinil do seu primeiro disco é da Lux Records, apresentam o seu novo trabalho, intitulado "Life".

Posteriormente, a 9 de julho, os Mancines, que lançaram em 2020 "II", pela Lux Records, apresentam um 'single' em vinil, de edição limitada.

Segue-se, em setembro, o concerto de Adolfo Luxúria Canibal e Marta Abreu, que lançaram em 2020 o disco "Goela Hiante", e, em outubro, JP Simões apresenta um novo disco com o seu alter-ego "Bloom".

O ciclo encerra em dezembro, também com o assinalar de novo trabalho discográfico, desta feita de The Legendary Tigerman, projeto de Paulo Furtado, músico de Coimbra.

Tudo o que se passa à frente e atrás das câmaras!

Receba o melhor do SAPO Mag, semanalmente, no seu email.

Os temas quentes do cinema, da TV e da música!

Ative as notificações do SAPO Mag.

O que está a dar na TV, no cinema e na música!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOmag nas suas publicações.