O concerto "Percursos Vitais: Trios de Pierre Jalbert e Franz Schubert" vai decorrer a partir das 21:30, na igreja do Convento de São Francisco, indicou hoje a organizadora do festival, a associação Pedra Angular, num comunicado enviado à agência Lusa.

Segundo os promotores, o The Delphi Trio vai interpretar e por em diálogo os trios para piano e cordas n.º 1 do compositor norte-americano Pierre Jalbert, um "dos mais notáveis compositores da atualidade" nos Estados Unidos da América, e n.º 2 do "grande compositor austríaco do fim do Classicismo" Franz Schubert.

Além do concerto, a passagem do festival deste ano por Beja, no âmbito do seu programa de património e biodiversidade, vai incluir um percurso temático por chafarizes, fontanários e poços históricos da cidade, no sábado, e uma iniciativa dedicada à antiga rota dos pastores para transumância de gado, no domingo.

O percurso por chafarizes, fontanários e poços de Beja, onde outrora os moradores se abasteciam e os viajantes e rebanhos matavam a sede, vai decorrer no sábado, a partir das 15:00.

Já a iniciativa "Pela Rota dos Pastores: as Canadas Reais" vai decorrer no domingo, a partir das 09:00, na herdade do Monte da Ponte, na União das Freguesias de Albernoa e Trindade, no concelho de Beja.

Os participantes junto com pastores alentejanos e beirões vão acompanhar um rebanho por uma das antigas "canadas reais", ou seja, caminhos por onde passavam os rebanhos de gado, especialmente ovino, nos movimentos de transumância que "uniam o Baixo Alentejo às serras da Estrela e da Gardunha e às cadeias montanhosas do interior de Espanha".

Na iniciativa, que visa dar a conhecer tradições da pastorícia e do património cultural e natural associado, os participantes também vão aprender a tosquiar animais como se fazia antigamente e ajudar na confeção de um ensopado de borrego cozinhado no campo pelos pastores e que depois será degustado num almoço "rematado por laranjas, à semelhança do que se fazia nas adiafas (festas rurais)" de outros tempos.

O 15.º Festival Terras Sem Sombra, sob o título "Sobre a Terra, sobre o Mar - Viagem e Viagens na Música (Séculos XV-XXI)", tem os Estados Unidos da América como país convidado e decorre até dia 7 de julho em 13 concelhos do Alentejo e da região espanhola de Extremadura.

O Baixo Alentejo e o litoral alentejano são a "geografia tradicional" do festival, que este ano se alarga e chega ao Alentejo Central, Alto Alentejo e à Extremadura espanhola.

Este ano, o festival inclui 50 atividades, entre concertos, visitas a património, ações de salvaguarda de biodiversidade e conferências, nos concelhos de Vidigueira, Serpa, Reguengos de Monsaraz, Valência de Alcântara, Olivença, Beja, Elvas, Cuba, Ferreira do Alentejo, Odemira, Barrancos, Santiago do Cacém e Sines.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.