A expectativa da organização para esta edição é elevada, atendendo à reação demonstrada quer pelos fãs das bandas, quer do próprio festival.

"O tempo está a ajudar, ao contrário do que acontece normalmente, e temos um cartaz fortíssimo, com duas bandas internacionais que nunca tocaram em Portugal", disse à agência Lusa José Rocha, que organiza o festival com o apoio da Câmara de Mangualde.

No Centro Cultural de Santo André, são esperadas, a partir das 15:00, entre 600 e 800 pessoas.

"É o mais antigo festival de heavy metal da Península Ibérica e um dos 20 do mundo", frisou José Rocha, acrescentando que há participantes fiéis que se deslocam sempre a Mangualde por ocasião do festival.

Além da banda inglesa de heavy metal Tygers of Pan Tang (que, nos anos 80, influenciou bandas como os Metallica), também a banda germânica de thrash metal Holy Moses promete levar os fãs ao delírio.

"A banda liderada por Sabina Klassen irá com certeza compensar os fãs portugueses pelo tempo de espera com a sua garra e determinação", refere a organização.

Da Bélgica, chegam a Mangualde os Ancient Rites, com as suas "nuances de folk misturadas com um ‘black/thrash' à maneira antiga", que há vários anos não tocam em Portugal.

Destaque também para os finlandeses Convulse ou para os espanhóis Bloodhunter.

No palco do Mangualde Hardmetalfest tocarão ainda os portugueses Theriomorphic, Destroyers of All, Machinergy, Estado de Sítio, Derrame, Humanart e Shoryuken.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.