Os Wolf Alice atuaram este fim de semana no NOS Alive, no Passeio Marítimo de Algés, em Oeiras. Em conversa com o SAPO Mag contaram como entraram no mundo da música e quais foram os álbuns que mudaram as suas vidas. Ellie Roswell (vocalista/guitarrista) revelou que começou a cantar na escola, mas que não tentou imitar nenhuma cantora em particular, e que, depois, passou a tocar música tradicional irlandesa na flauta. A artista relembrou ainda que o seu pai punha sempre vários discos a tocar em casa.

A vocalista da banda britânica recordou também que foi "a irmã de um amigo da escola" que lhe "apresentou a música indie". Já o disco que mudou a sua vida foi "o primeiro da Avril Lavigne".

Joel Amey (baterista) contou que com ele aconteceu algo parecido. A sua mãe estava sempre a tocar música em casa e, então, entrou para um clube de guitarras, aprendendo a tocar cedo. O primeiro álbum que o baterista quis ter e que o fez se sentir "cool" foi  "Hybrid Theory", dos Linkin Park.

Na entrevista, Roswell frisou que não se lembra de ter tentado copiar alguma cantora e que nem saberia como o fazer. Mas, quando descobriu os efeitos para voz no computador, começou a explorar mais a sua voz e o que poderia fazer e como a poderia usar como instrumento.

Já Joel, se tivesse de escolher um midi-controller ou um kit de bateria, preferiria um midi-controller, por o poder carregar facilmente para qualquer lugar (por exemplo, quartos de hotéis) e, também, por ter como explorar mais possibilidades e até mesmo fazer um som de bateria.

Na entrevista, os músicos confessaram ainda que são fãs dos pastéis de nata e que adoram Lisboa.

Veja a entrevista:

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.