Andreia Rodrigues é a nova beldade que se junta a Orsi Fehér, Liliana Campos, Rita Andrade e Cláudia Borges no «FamaShow», o programa «people» da SIC.
A Miss Portugal 2008 está a substituir Vanessa Oliveira, que foi destacada para o «SIC ao Vivo», e não esconde o seu entusiasmo.

SapoTV conversou com Andreia:

A Andreia é o novo reforço do «FamaShow». Como é que estão a correr as coisas?

Estão a correr muito bem. Está a ser uma experiência fantástica e estou a aprender imenso. Já tive a oportunidade de conhecer grande parte da equipa e são todos fantásticos.

E as colegas do programa como é que a receberam?

Bem, elas estão a ajudar-me imenso. Eu já as conhecia e quando tenho alguma dúvida são elas que me ajudam. Estão a ser cinco estrelas...aliás, seis!

Foi substituir a Vanessa Oliveira que está agora no «SIC ao Vivo». Como é que surgiu esta oportunidade?

Fui a um ‘casting'. Passou uma semana até entrarem em contacto comigo e disseram-me que tinha sido seleccionada. Fiquei muito contente.

Mas já tinha alguma experiência em televisão?

Já tinha feito o «Toca a Ganhar», na TVI. Mas programa semelhante a este, que se identificasse tanto comigo, nunca. Este é o primeiro. Penso que o «FamaShow» tem tudo a ver comigo e estou a gostar imenso da experiência.

Agora quando surge num evento é para trabalhar. Quando as figuras públicas a identificam com o «FamaShow» como é que reagem?

A maioria dá-me os parabéns e acho que ficam contentes por mim. Algumas pessoas ainda não sabem, mas quando me vêem com o microfone da SIC perguntam logo o que é que eu estou a fazer. É muito engraçado. De uma forma geral, as críticas que me têm chegado são boas.

E o namorado gostou da estreia?

Não gostou... Mas penso que isso é natural. Quando estamos habituados a conviver diariamente com uma pessoa, estranhamos quando vemos essa pessoa na televisão. Por mais que eu tentasse ser o mais natural possível, é claro que não consegui esconder o nervosismo no programa de estreia. Quem me conhece sentiu que eu estava pouco à vontade, o que é normal no primeiro dia.

Qual foi a maior crítica feita pelo seu namorado?

Falta de naturalidade. O que ele me disse quando viu o programa foi: «Podias estar melhor, podias estar mais natural, podias estar mais gira». E disse-me que não tinha gostado. Penso que ele não gosta muito de me ver na televisão, a verdade é essa. Gosta mais de me ver no dia-a-dia. Pela minha parte, tento manter a postura e gosto que a minha personalidade e simpatia estejam sempre presentes nos projectos em que me meto. Gosto de comunicar e quero manter todas essas coisas, porque não devemos deixar de ser nós próprios. Não é por estar a fazer um programa de televisão que vou tornar-me uma pessoa diferente.

E a família? Gostou?

Bem, a minha família está a gostar imenso. A mãe está babada, a avó babada, o pai babado...aos olhos deles estamos sempre bem. Eu sei que eles vão sempre dizer «estavas fantástica». Mas eu sei que não é assim, e tenho muito que aprender...

Vai estar no «FamaShow» até quando?

Neste momento estou a substituir a Vanessa, porque ela está no programa de Verão, mas não sei sequer o que vai acontecer depois e, para ser sincera, não estou preocupada. Tenho é que me concentrar no meu trabalho.

Mas poderá vir a ser a sexta beldade do «FamaShow»?

Não quero pensar nisso agora. Quero mesmo estar cem por cento dedicada a esta tarefa. Há certas coisas em que é bom fazer planos a longo prazo, mas há outras que não. É melhor continuar assim: concentrada no trabalho que estou a fazer.

(Entrevista de Joana Côrte-Real)

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.