O pré-candidato republicano à Casa Branca, Donald Trump, apresentou o programa de humor "Saturday Night Live" este sábado, 7 de novembro.

"As pessoas pensam que sou controverso, mas a verdade é que sou um homem porreiro". Esta foi uma das frases centrais do monólogo inicial de cinco minutos de Donald Trump.

A participação de Donald Trump no “SNL”  gerou polémica devido às declarações do pré-candidato sobre a imigração, como a promessa de construir um muro na fronteira EUA-México.

Antes do programa, vários protestos da comunidade latina em Los Angeles exigiam à NBC que cancelasse a participação de Trump no "Saturday Night Live."

A produção temia que alguém na plateia ofendesse Trump, depois que um grupo de defesa dos direitos dos latinos ter prometido cinco mil dólares a quem chamasse a Trump "racista" durante o monólogo de abertura.

E houve mesmo alguém a gritar "racista" durante a abertura do programa. Mas a ofensa veio do comediante Larry David. "Eu ouvi dizer que se gritasse isto me iram dar cinco mil dólares", disse o humorista.

Um dos segmentos do programa mostrou Donald Trump a receber a informação de que o auto-proclamado Estado Islâmico tinha sido derrotado. "O povo nos Estados Unidos de Trump está cansado de vencer", sublinha um assessor durante o programa.

O pré-candidato republicano admitiu ter vetado algumas piadas, que segundo ele seriam muito "arriscadas".

Uma plateia tranquila riu-se de Trump, mas a participação do republicano não foi aprovada pela crítica, como destacou Maureen Ryan, da revista Variety. "A expectativa da apresentação de Donald Trump no Saturday Night Live foi mais entusiasmante que o episódio propriamente dito", escreveu.

Hillary Clinton, pré-candidata pelo Partido Democrata, participou no "Saturday Night Live" em outubro.

Veja na galeria algumas fotografias da participação de Donald Trump no programa.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.