Treze anos depois do fatal acidente em Paris que provocou a morte de Lady Di e chocou o mundo, o BIO recorda a princesa mais mediática de sempre, através da estreia do surpreendente documentário «Imortal: uma história não autorizada de Diana Spencer», com exibição a 31 de Agosto, pelas 22h00.

O seu casamento digno de um conto de fadas, as belas jóias e um «príncipe encantado», contribuíram para a elevar ao estatuto de um dos maiores ícones do século XX, tornando-se, rapidamente, numa das mulheres mais famosas do mundo, um ícone da moda, um ideal de beleza e elegância feminina, admirada pela sua dedicação à caridade.
A sua elegância natural, a capacidade para se relacionar com a gente do povo e a sua devoção como mãe, converteram-na numa das figuras mais adoradas da história.

Além das suas conquistas, o mundo também conhece os escândalos que a perseguiram. Ao longo da sua vida, e mesmo na morte, Diana foi acossada por inumeráveis acusações e rumores palacianos. No entanto, a vida de Lady Di trouxe um importante contributo à sociedade e não se limitou a preencher páginas na imprensa sensacionalista.

O seu compromisso com as causas humanitárias destacaram-na em vida e, desde a sua morte, o seu legado sobreviveu. Neste documentário recordaremos a espantosa vida de Diana e a sua influência no mundo, conheceremos os seus filhos, os amigos que ajudaram a difundir a sua mensagem de paz e as causas que abraçou.

Além disso, veremos como conseguiu levar tanta bondade e esperança ao mundo, mesmo quando a sua vida privada estava a desmoronar.
Este é um trabalho impressionante e rigoroso que ajuda a perceber a extraordinária personalidade daquela que ficou conhecida como a «princesa do povo».

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.