João Manzarra foi de férias para o Rio de Janeiro, onde foi viver as emoções do maior carnaval do mundo. Quando voltar a Portugal, já tem novo trabalho à sua espera. Ainda não é oficial, mas tudo indica que será ele o grande anfitrião do programa de talentos da SIC na área da dança, com estreia marcada para Abril.

«Não posso adiantar nada. Já tenho um novo projecto, mas não posso dizer qual é», referiu o apresentador, de 23 anos, considerado a «grande revelação» de 2009, horas antes de embarcar para o Brasil.

O canal de Carnaxide comprou os direitos de adaptação do formato «So You Think You Can Dance», um sucesso televisivo nos Estados Unidos, que promete acolher os maiores dançarinos, agora também, em Portugal.

Ao contrário do que aconteceu no «Ídolos», Manzarra vai estar sozinho a conduzir o programa. Cláudia Vieira prepara a chegada de Maria, a bebé mais famosa do momento, fruto da relação da actriz e apresentadora com o actor Pedro Teixeira. E até estrear a 4ª temporada deste sucesso de audiências, que deu a vitória a Filipe Pinto, Cláudia vai dedicar-se a tempo inteiro ao seu rebento.

«Uma estação de televisão está no ar 24 horas, sete dias por semana. Não vale a pena negar que o ‘Ídolos' foi muito importante para nós. O desafio que se coloca a um programador é ter capacidade para descobrir trunfos para jogar imediatamente a seguir. Não é fácil encontrar um programa que tenha o mesmo impacto no público como o ‘Ídolos' teve», explicou Nuno Santos, director de programas da SIC, a SapoTV.

A resposta poderá estar, então, neste novo projecto, que viu a sua estreia nos Estados Unidos em Julho de 2005 e já vai na sétima temporada. O êxito do formato estende-se a vários países, como Nova Zelândia, Turquia, Israel, Canadá, Alemanha, Grécia, Polónia, Malásia, Noruega, Holanda, África do Sul e Austrália.

Em Portugal, o programa começa a dar que falar e, durante o mês de Março, haverá «castings» nas principais cidades do País.

«Já há alguns milhares de inscritos e estamos a prepará-lo há algumas semanas. O formato, em termos de organização de programa, tem algumas semelhanças com o ‘Ídolos'. Por vezes, a questão não é ter um bom formato, mas, sim, produzi-lo bem e encontrar as pessoas certas», explicou-nos, ainda, o director de programas da SIC.

Tal como no «Ídolos», as galas de domingo ditam as expulsões dos concorrentes, avaliados por um «implacável júri», cujos nomes ainda estão a ser avaliados.

(Texto: Joana Côrte-Real)

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.