Peacock, que evoca o pavão real que inspira o logotipo da NBC, tem arranque previsto para abril de 2020 nos EUA, aumentando assim a concorrência entre gigantes como a Netflix e a Amazon, além de outros serviços de vídeo online que estarão disponíveis em breve, como Disney+ e Apple.

A plataforma anunciou na terça-feira uma adaptação da série de ficção científica "Battlestar Galactica", a cargo de Sam Esmail (criador de "Mr. Robot", que promete uma nova história integrada na mitologia da saga), uma continuação da série juvenil "Já Tocou" (com Mario Lopez e Elizabeth Berkley, do elenco original) e a oferta de séries antigas como "Parks and Recreation" e "The Office," segundo um comunicado da NBCU.

Já Tocou estreou há 30 anos: viu estas séries juvenis?

"O nome Peacock honra o conteúdo de qualidade que o público espera da NBCUniversal", disse a diretora de oferta direta aos consumidores e de projetos digitais da NBCU, Bonnie Hammer, evocando a experiência da rede em séries dramáticas e comédias, filmes e programas de reality show.

"Peacock será o site para ver tanto os clássicos como os programas da atualidade, desde os momentos imperdíveis dos Jogos Olímpicos e as eleições de 2020 a favoritos dos fãs, como 'The Office'", acrescentou.

Peacock será oferecido por assinatura, ou com anúncios, terá mais de 15 mil horas de conteúdo e vai tentar destacar-se durante os Jogos Olímpicos de 2020.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.