"Big Brother", da TVI, tem dado que falar nos últimos dias depois do concorrente Ricardo ter dito, em tom de brincadeira, que se envolveu sexualmente com Joana durante a noite, enquanto a colega dormia.

"Já houve festa! Ela pode não se ter apercebido, ok, mas é uma coisa que eu não posso fazer nada. Ela estava a dormir", revelou o participante durante uma brincadeira, desmentindo depois as afirmações.

"Sei que isso não aconteceu. O ponto é a brincadeira sobre um assunto tão sério. (...) Nada de passou", frisou a 'voz' do "Big Brother", anunciando que Ricardo está automaticamente nomeado e que deixa de ser o líder da semana.

"Que fique claro que um ato dessa natureza seria motivo para expulsão direta sem nenhum tipo de hesitação. Na minha casa há um protocolo rígido e rigoroso no que ao envolvimento íntimo entre concorrentes diz respeito, é um protocolo do conhecimento de todos vocês desde o momento em que souberam que vinham para a minha casa", frisou a 'voz'.

Na emissão desta segunda-feira, dia 1 de novembro, Joana comentou a situação.  “Ainda não houve intimidade”, frisou concorrente, garantindo que “há sempre consentimento dos dois". O concorrente pediu desculpa à colega.

No "Diário" do reality show, Ana Garcia Martins (A Pipoca Mais Doce) pediu a expulsão do concorrente. "Eu desaprovo totalmente esta conversa, que eu não consigo perceber se é uma mera brincadeira, se de facto aconteceu, mas é grave porque não tendo acontecido, é a mensagem que está a ser passada e a leveza com que o Ricardo fala deste tema, é a leveza com que a Joana aceita isto", assinalou.

"É um assunto que não pode ser tratado com leviandade de modo algum. Eles terem esta conversa, mesmo sendo uma brincadeira – que eu acredito que até possa ser – é não ter noção não só do sítio onde estão, mas sobretudo o que se passa cá fora. Por isso, “ou se assume – que é o que acho que vai acontecer – que é uma brincadeira e não vai acontecer nada, ou assumindo-se que é mais do que isso não pode ser só uma nomeação direta ou tira-se a liderança, é expulsão. Porque o assunto é grave o suficiente para isto", frisou a comentadora.

Nas redes sociais, Luís Borges também comentou a situação. "Que giro banalizar um assunto tão sério como este. Vergonha! O esclarecimento não foi em direto porquê? Havia um teleponto para ele saber o que dizer?", escreveu.

Tudo o que se passa à frente e atrás das câmaras!

Receba o melhor do SAPO Mag, semanalmente, no seu email.

Os temas quentes do cinema, da TV e da música!

Ative as notificações do SAPO Mag.

O que está a dar na TV, no cinema e na música!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOmag nas suas publicações.