"1917" reforçou o seu estatuto como favorito aos Óscares uma "limpeza" na 73ª cerimónia dos BAFTA, entregues este domingo à noite no Royal Albert Hall de Londres.

O épico de Sam Mendes sobre dois jovens soldados britânicos que, no auge da Primeira Guerra Mundial, recebem a missão de atravessar território inimigo e entregar uma mensagem que impedirá um ataque letal recebeu sete prémios da Academia de Cinema e Televisão Britânica, popularmente conhecidos como os "Óscares britânicos": Melhor Filme, Filme Britânico, Realização, Design de Produção, Fotografia, Som e Efeitos Visuais.

Nomeado em nove categorias, apenas perdeu Banda Sonora para "Joker" e Caracterização para "Bombshell".

"Joker", que liderava a lista para os BAFTA com 11 nomeações, recebeu três e foi o segundo filme mais distinguido da noite: Melhor Ator para Joaquin Phoenix e Casting (uma nova categoria) juntaram-se à Banda Sonora de Hildur Guðnadóttir.

Além de Joaquin Phoenix, os prémios das outras categorias de interpretação não surpreenderam: Renée Zellweger foi a Melhor Atriz ("Judy"), Brad Pitt o Melhor Ator Secundário ("Era Uma Vez em... Hollywood") e Laura Dern a Melhor Atriz Secundária ("Marriage Story").

VEJA AS ESTRELAS NA PASSADEIRA VERMELHA.

"O Irlandês" foi o grande derrotado da cerimónia: a produção da Netflix tinha 10 nomeações e ficou sem nada.

A consolação para a plataforma de streaming foi "Klaus", do espanhol Sergio Pablos, eleito o Melhor Filme de Animação.

Produzido em Espanha e com os irmãos portugueses Sérgio e Edgar Martins na ficha técnica, respetivamente como supervisor de animação e de argumento, esta história alternativa do Pai Natal repete a vitória dos Annie (os "Óscares da animação") e confirma que é a maior "ameaça" ao favoritismo de "Toy Story 4" na corrida aos Óscares.

Também nomeado para 10 prémios, "Era Uma Vez em Hollywood" ficou-se pela distinção de Brad Pitt: Quentin Tarantino perdeu na categoria de Melhor Argumento Original para a outra grande sensação da temporada de prémios que se tornou "Parasitas", de Bong Joon-ho, que também foi recebeu o prémio mais previsível da noite, o de Melhor Filme Estrangeiro (Coreia do Sul).

Repetindo a 100% os prémios do Sindicato dos Argumentistas americanos, atribuídos no sábado à noite, também o realizador Taika Waititi foi distinguido pelo Argumento Adaptado de "Jojo Rabbit", contrariando novamente o favoritismo que era atribuído a Greta Gerwig por "Mulherzinhas".

A Academia Britânica das Artes Cinematográficas e da Televisão distinguiu também o ator Andy Serkis pela sua contribuição excecional para o cinema e a produtora e presidente da Lucasfilm Kathleen Kennedy com o BAFTA Fellowship, um prémio de carreira.

O PALMARÉS

MELHOR FILME

  • "1917"

MELHOR REALIZAÇÃO

  • Sam Mendes ("1917")

MELHOR ATOR

  • Joaquim Phoenix ("Joker")

MELHOR ATRIZ

  • Renée Zellweger ("Judy")

MELHOR ATOR SECUNDÁRIO

  • Brad Pitt ("Era Uma Vez em... Hollywood")

ATRIZ SECUNDÁRIA

  • Laura Dern ("Marriage Story")

MELHOR FILME BRITÂNICO

  • "1917"

MELHOR FILME DE ANIMAÇÃO

  • "Klaus"

MELHOR FILME ESTRANGEIRO

  • "Parasitas" (Coreia do Sul)

MELHOR DOCUMENTÁRIO

  • "For Sama"

MELHOR ARGUMENTO ADAPTADO

  • "Jojo Rabbit"

MELHOR ARGUMENTO ORIGINAL

  • "Parasitas"

MELHOR FOTOGRAFIA

  • "1917"

MELHOR GUARDA-ROUPA

  • "Mulherzinhas"

MELHOR MONTAGEM

  • "Le Mans '66: O Duelo"

MELHOR SOM

  • "1917"

MELHOR CARACTERIZAÇÃO

  • "Bombshell"

MELHOR DESIGN DE PRODUÇÃO

  • "1917"

MELHOR BANDA SONORA

  • "Joker"

MELHORES EFEITOS VISUAIS

  • "1917"

MELHOR CASTING

  • "Joker"

MELHOR ESTREIA POR UM ARGUMENTISTA, REALIZADOR OU PRODUTOR BRITÂNICO

  • O argumentista e realizador Mark Jenkin e as produtoras Kate Byers e Linn Waite por "Bait"

MELHOR CURTA-METRAGEM BRITÂNICA

  • "Learning to skateboard in a warzone (if you´re a girl)"

MELHOR CURTA-METRAGEM DE ANIMAÇÃO BRITÂNICA

  • "Grandad was a romantic"

MELHOR ESTRELA EM ASCENSÃO (votado pelo público)

  • Micheal Ward – "Blue Story"

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.