O ponto de partida é reflectir sobre a importância da música e dos sons no processo criativo, e por isso ao longo de três noites o
MusicBox apresenta propostas bastante variadas mas todas alicerçadas na sétima arte.

Na quinta-feira, questiona-se como é que um género musical caracteriza uma determinada estética numa época específica. O mote são filmes dos anos 60 e 70, desde as delirantes obras de Russ Meyer a títulos não menos icónicos como
«Shaft», cujas bandas-sonoras de tempero funk serão revisitadas no concerto dos
Cais do Sodré Funk Connection (com imagens da equipa Droid ID a acompanhar).

No dia seguinte, o tema é a importância da banda-sonora na leitura e no ritmo de um filme.
Dziga Vertov é o realizador da noite e
«The Man With the Movie Camera» terá direito a uma banda-sonora especial criada por um quarteto de guitarristas:
Nuno Rebelo,
Tó Trips,
Alexandre Soares e
Flak, que actuarão a solo ou em conjunto.

Em territórios musicais e cinematográficos completamente diferentes, sábado centra as atenções em
Pedro Almodóvar. O mote é a forma como um realizador é caracterizado pelo seu universo musical, e canções das várias fases do cineasta espanhol constituem o alinhamento da actuação dos
Tacones Lejanos - cuja formação inclui Inês Jacques, Liana, Carla Bolito, Luanda Cozzeti (Vozes), Filipe Valentim (teclas), Alexandre Cortez (baixo), Eduardo Raon (Harpa) e David Rodrigues (bateria).

O início das actuações está marcado para as 23 horas na quinta-feira e para a meia-noite nos restantes dias.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.