A sequela de "Borat: Aprender Cultura da América para Fazer Benefício Glorioso à Nação do Cazaquistão" (2006) ficou disponível hoje (23) na Amazon Prime, mas desde quarta-feira que se fala de uma cena muito específica que envolve Rudy Giuliani.

[AVISO DE SPOILER]

Em "Borat Subsequent Moviefilm", o antigo presidente da câmara de Nova Iorque e atual advogado pessoal de Donald Trump, com 76 anos, surge num quarto de hotel com a atriz bulgara Maria Bakalova, de 23 anos, que interpreta a suposta filha adolescente do famoso "jornalista" do Cazaquistão.

A certa altura, Giuliani aparece deitado na cama a mexer na camisa e com as mãos dentro das calças durante algum tempo. São interrompidos por Sacha Baron Cohen, a representar Borat, que diz 'Ela tem 15 anos. É velha demais para ti"

Algumas pessoas que viram o filme ficaram com a impressão que se estava a masturbar, mas Rudy Giuliani disse em comunicado que estava apenas a enfiar a camisa dentro das calças, acusou o ator de ser um "mentiroso frio" e a cena uma "completa invenção".

Quando a polémica alastrou nas redes sociais, apenas existiam descrições e interpretações, além de duas imagens de má qualidade, mas já existem excertos da cena.

"A cena 'Borat' com o Giuliani é muito má. Começa com a jovem a sugerir que tomem uma bebida no quarto e Giuliani a aceitar. Depois ele está a tocar nos ombros dela por alguma razão. Depois ela tira o microfone. A seguir, é o infame 'enfiar' [a camisa dentro das calças]. O que demora um bocado. É estranho".

Numa entrevista esta sexta-feira (23), "despido" da sua personagem, Sacha Baron Cohen respondeu ao desmentido de Rudy Giuliani.

"Se o advogado do Presidente acha que teve um comportamento adequado, então sabe Deus o que fez com outras jornalistas em quartos de hotel. Apenas peço a todos que vejam o filme. É o que é, ele fez o que fez, e decidam pela vossa cabeça. Foi bastante claro para nós", disse no programa Good Morning America.

Ao seu lado, Maria Bakalova disse que nunca se sentiu em perigo, mas Baron Cohen acrescentou que estava "bastante preocupado" quando estava a vigiar o desenrolar da cena numa divisão à parte e enquanto produtor, tinha a obrigação de salvaguardar a segurança da protagonista.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.