Após assinar “Carta ao meu Avô” e “Despojos de Guerra", a impressionante série documental sobre heróis anónimos da Guerra Colonial, a jornalista Sofia Pinto Coelho estreia-se nas longas-metragens com uma aventura por Cabo Verde, São Tomé e Guiné-Bissau com dois protagonistas improváveis: Daniel, de 83 anos, e Daniela, de 12.

Esta é a história de um pai que leva a filha pré-adolescente numa viagem improvável às suas origens que se torna um diálogo sobre racismo, herança colonial, memórias familiares e aspirações individuais que percorre mais de cem anos de História.

Entre risos, canções e livros, tudo o que irão encontrar pelo caminho é pretexto para aquele que é um dos maiores colecionadores em Portugal de livros sobre a África lusófona deixar conhecimento e pensamento crítico à sua filha, preparando-a para o futuro com o coração cheio de esperança e liberdade.

A câmara de Sofia Pinto Coelho acompanha a construção deste legado, pois como se ouve o próprio Daniel a resumir, “o maior investimento é o humano”.

Com produção da Ukbar Filmes, a estreia de "Daniel e Daniela" nos cinemas está marcada para 15 de setembro.

Tudo o que se passa à frente e atrás das câmaras!

Receba o melhor do SAPO Mag, semanalmente, no seu email.

Os temas quentes do cinema, da TV e da música!

Ative as notificações do SAPO Mag.

O que está a dar na TV, no cinema e na música!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOmag nas suas publicações.