Com 22 filmes, a Walt Disney Company é, sem surpresa, a produtora com mais filmes no Top das 100 melhores longas-metragens de animação de sempre, efectuado pela revista «Time Out Now York», com base nas votações de mais de uma centena de animadores, realizadores, curadores e especialistas. À Disney, cujo volume de produção ajuda à maior presença no top, segue-se o Studio Ghibli e a Pixar, com nove fitas cada a entrar na lista.

Os EUA são o país mais representado, com 55 películas no top, que vão desde as produções «mainstream» a obras resolutamente independentes como «Sita Sings the Blues», seguido pelo Japão, com 22 filmes.



Como curiosidade, aqui ficam as votações de alguns dos nomes principais: Wes Anderson ( «Akira», «O Gigante de Ferro», «Neon Genesis Evangelion: The End of Evangelion», «Os 101 Dálmatas», «Memórias de Ontem», «Porco Rosso», «A Princesa Mononoke», «O Segredo de Nimh», «A Viagem de Chihiro» e «Watership Down»); H.R.Giger ( «A Fuga das Galinhas», «Fantasia», «À Procura de Nemo», «Fritz o Gato», «Heavy Metal», «O Estranho Mundo de Jack», «Pinóquio», «A Viagem de Chihiro», «Watership Down» e «O Submarino Amarelo»), Nick Park ( «Branca de Neve e os Sete Anões», «Jasão e os Argonautas», «King Kong», «Toy Story», «Toy Story 2», «Toy Story 3», «O Estranho Mundo de Jack», «À Procura de Nemo», «A Viagem de Chihiro» e «O Submarino Amarelo») e Henry Selick ( «As Aventuras do Príncipe Achmed», «Dumbo», «Fantasia», «O Gigante de Ferro», «Totoro», «A Viagem de Chihiro», «Toy Story», «Belleville Rendez-vous», «Wallace e Gromit: A Maldição do Coelhomem» e « O Submarino Amarelo»).

A lista completa de cada votante pode ser encontrada aqui.