Em comunicado, o festival de Veneza anunciou que o filme “Driven” será exibido, em estreia mundial, no sábado, 8 de setembro, na Sala Grande do Palazzo del Cinema, no Lido, em Veneza, após a cerimónia de entrega dos prémios.

"Veneza é um festival inspirador com um público incrível. Sinto-me honrado e feliz por ser convidado a partilhar esta história louca, nunca contada”, declarou Nick Hamm, realizador de filmes como “A Viagem” (“The Journey”) e “Killing Bono”.

Inspirado em factos reais, “Driven” é um olhar perversamente cómico sobre um “bromance” que acabou mal.

Ambientado na opulência da Califórnia do início dos anos 1980, a história segue a ascensão meteórica do engenheiro John DeLorean, e sua icónica DeLorean Motor Company, através de amizade com o ex-presidiário que se tornou informante do FBI Jim Hoffman.

Realizado por Nick Hamm, a partir do argumento original de Colin Bateman (“A Viagem”) e financiado pela Romulus Entertainment, “Driven” é protagonizado por Lee Pace (do filme “Guardiões da Galáxia”, “O Hobbit”), no papel do designer e engenheiro norte-americano da indústria do automobilismo John DeLorean.

Do elenco constam ainda Jason Sudeikis (“Downsizing”), como Jim Hoffman, o amigo de DeLorean e informante do FBI, Judy Greer, como a mulher de Hoffman, Ellen, e Corey Stoll, como o ambicioso agente do FBI, Benedict Tissa.

Veneza marca a rentrée

O Festival de Cinema de Veneza é dirigido por Alberto Barbera e está integrado na Bienal de Veneza, presidida por Paolo Baratta.

Da competição oficial do Festival de Cinema de Veneza faz parte "The ballad of Buster Scruggs", primeira minissérie dos irmãos Ethan e Joel Coen, um 'western' em seis episódios que se estreará na plataforma Netflix e que conta no elenco com nomes como Tim Blake Nelson, James Franco e Tom Waits.

Em Veneza estarão também "Roma", filme autobiográfico do realizador mexicano Alfonso Cuarón, sobre a família e a adolescência, "Suspiria", de Luca Guadagnino, uma nova versão do filme de Dario Argento, de 1977, considerado um clássico do género de horror.

A competição oficial integra, entre outros, o 'western' "Os irmãos Sisters", de Jacques Audiard a partir da obra homónima de Patrick DeWitt, "Double Lies", comédia de Olivier Assayas, "Vox Lux", de Brady Corbet, "The Favourite", de Yorgos Lanthimos, e "Peterloo", de Mike Leigh.

Destaque ainda para "22 July", de Paul Greengrass, a partir da história dos atentados ocorridos em 2011 na Noruega, cometidos por Anders Breivik.

"O Primeiro Homem na Lua", filme de Damien Chazelle com Ryan Gosling no papel do astronauta Neil Armstrong, e que abrirá oficialmente o festival de Veneza, também integra a competição pelo Leão de Ouro.

O júri do Leão de Ouro será presidido pelo realizador Guillermo del Toro.

Fora de competição, Veneza exibirá, por exemplo, o documentário "American Dharma", de Errol Morris com o ex-assessor político de Donald Trump Steve Bannon, e o musical "A star is born", que assinala a estreia do ator Bradley Cooper, que protagoniza ao lado da cantora Lady Gaga.

"El Pepe - Una vida suprema", de Emir Kusturica, "A letter to a friend in Gaza", de Amos Gitai, e "Monrovia, Indiana", de Frederick Wiseman, também serão mostrados fora de competição.

Estão previstas algumas sessões especiais, nomeadamente com "The other side of the wind", de Orson Welles, e "L'amica geniale", de Saverio Costanzo a partir da tetralogia de Elena Ferrante.

Este ano, o Leão de Ouro de carreira será entregue à atriz britânica Vanessa Redgrave e ao realizador canadiano David Cronenberg.

Newsletter

Os melhores filmes, as séries mais populares e a música que tem mesmo de ouvir. Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.