Além do filme do norte-americano
Joe Wright, com banda sonora exclusiva dos
Chemical Brothers, o festival vai exibir obras de mais 19 países, entre os quais Portugal, que se destaca com 11 títulos próprios.

O FEST integra ainda a retrospetiva
«Light and Sound», a sessão especial
«Istanbul Express», recentemente estreada em Cannes, e o programa paralelo
Training Ground, apontado pela organização do festival como «um dos mais importantes eventos de formação a nível mundial».

Este ano, o Training Ground tem já confirmada as presenças de
Eduardo Serra, director de fotografia de filmes como
«Diamante de Sangue» e
«Rapariga com Brinco de Pérola»,
David MacMillan, editor de som de
«Apollo 13» e
«Crespúsculo»,
Scandar Copti, realizador distinguido em Cannes por
«Ajami», e
Eugenio Caballero, director artístico que venceu um Óscar pelo seu trabalho no filme
«Labirinto do Fauno».

O programa de formação aborda aspetos essenciais na produção de filmes, como a escrita do argumento, análise de um estilo específico ou disciplinas técnicas como a edição de som e a direcção de fotografia.

Segundo fonte do FEST, essa oferta quer-se «ampla em atividades, para que cada um dos participantes consiga preparar a experiência à sua medida das suas preferências».

SAPO/Lusa

Tudo o que se passa à frente e atrás das câmaras!

Receba o melhor do SAPO Mag, semanalmente, no seu email.

Os temas quentes do cinema, da TV e da música!

Ative as notificações do SAPO Mag.

O que está a dar na TV, no cinema e na música!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOmag nas suas publicações.