No momento em que nos apaixonamos, nesse instante preciso, produz-se em nós uma música muito especial. Ela é diferente para cada um e pode revelar acontecimentos inesperados…

Tendo-se licenciado em realização cinematográfica na Femis (Paris), Emmanuel Mouret viu de imediato o seu filme de final de curso, a média-metragem «Promène toi donc tout nu» (1998), ter exibição comercial. Influenciado por Rohmer, Sacha Guitry e Woody Allen, Mouret apresenta filmes delicados e complexos onde frequentemente contracena. Foi esse o caso de «Laissons Lucie faire» (2000).

Os seus filmes seguintes «Vénus et fleur» (2004) e «Changement d’adresse» (2006) foram apresentados em Cannes, ao passo que «Un baiser s’il vous plaît» (2007) foi seleccionado para ser apresentado na Mostra de Veneza desse ano. Estes três filmes foram apresentados em diferentes edições da Festa do Cinema Francês. «Fais-moi Plaisir!»(2009) é uma nova incursão, de carácter mais burlesco, pelas questões do amor e da paixão. Em «L’art d’Aimer» apresenta um conjunto de histórias onde convida actores tão conhecidos como François Cluzet, Julie Depardieu, Ariane Ascaride ou Gaspard Ulliel.

«L'Art d'Aimer» é exibido hoje, 7 de outubro, no cinema São Jorge, em Lisboa, às 22h00, e repete a 12 de outubro, no Fórum R. Correia, em Almada, às 21h00; no Teatro Municipal de Faro, a 16 de outubro, às 21h30m; e no TAGV, em Coimbra, a 31 de outubro, às 21h30.

Tudo o que se passa à frente e atrás das câmaras!

Receba o melhor do SAPO Mag, semanalmente, no seu email.

Os temas quentes do cinema, da TV e da música!

Ative as notificações do SAPO Mag.

O que está a dar na TV, no cinema e na música!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOmag nas suas publicações.