Um épico distópico de ficção científica,
«World on a Wire» é a versão gloriosamente fraturada e inovadora da paranóia futura do génio alemão
Rainer Werner Fassbinder. Com laivos de Kubrik, Vonnegut e Dick, mas mantendo a originalidade, Fassbinder conta a história obscura do herói relutante Frec Stiller, um engenheiro cibernético que descobre uma gigantesca conspiração corporativa e governamental. O que está em perigo? Toda a nossa realidade (virtual). Este inédito longo labirinto de três horas é um olhar satírico e surreal a um estranho mundo de amanhã às mãos de um dos génios mais pervertidos do cinema.

«World on a Wire» foi originalmente feito para a televisão alemã (WDR) em 1973 e foi filmado em película de 16mm (Kodak/Eastman Ectachrome). O filme de duas partes foi filmado em 44 dias, de Janeiro a Março de 1973 em Paris, Munique e Colónia. Foi exibido pela primeira vez na televisão alemã a 14 de Outubro (1ª parte) e 16 de Outubro de (2ª parte) desse ano.

A nova versão Digital foi retirada diretamente dos rolos de película originais de 16mm A/B: foram digitalizados em resolução de 2K usando o Digitalizador de Imagem ARRI e a cor foi com um Sistema Discreet Lustre. Foram retiradas milhares de partículas de sujidade,resíduos e riscos com o uso do Sistema de Restauração Digital MIT. O projeto foi levado a cabo sob a supervisão do diretor de fotografia Michael Ballhaus.

«World on a Wire» é apresentado hoje, 8 de novembro, às 20h30, no Centro de Congressos do Estoril.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.