"Homem-Aranha: Sem Volta a Casa" continua a bater recordes nos cinemas.

Com as receitas do último fim de semana, o filme chegou aos 1,53 mil milhões de dólares a nível mundial (qualquer coisa como 1,35 mil milhões de euros) e subiu ao oitavo lugar dos maiores sucessos de sempre nas bilheteiras (um ranking que não é ajustado pelos valores da inflação, onde "E Tudo o Vento Levou", de 1939, continua imbatível).

Além de ser um recorde na era da pandemia, o valor em apenas 26 dias foi alcançado sem a estreia na China, o maior mercado de cinema do mundo.

O filme ultrapassou "Vingadores: A Era de Ultron" (2015), "Frozen 2: O Reino do Gelo" (2019), "Velocidade Furiosa 7" (2015) e "Os Vingadores" (2012) e a questão agora é se conseguirá chegar aos filmes que estão em sexto e sétimo lugares, "Mundo Jurássico" (1,67 mil milhões de dólares) e "a nova versão de "O Rei Leão" (1,66 mil milhões).

Nos EUA, "Sem Volta a Casa" já arrecadou 668 milhões de dólares em 24 dias e é o sexto mais rentável nas bilheteiras(também sem contar com a inflação), ultrapassado "Titanic" (1997) e "Mundo Jurássico" (2015). Esta semana, irá ultrapassar "Vingadores: Era do Infinito" (678 milhões) e provavelmente chegará ao quarto lugar, onde agora está "Black Panther" (700 milhões).

Além dos EUA, o filme encontrou mais sucesso no Reino Unido (de onde é natural Tom Holland), México, Coreia do Sul e França.

Tudo o que se passa à frente e atrás das câmaras!

Receba o melhor do SAPO Mag, semanalmente, no seu email.

Os temas quentes do cinema, da TV e da música!

Ative as notificações do SAPO Mag.

O que está a dar na TV, no cinema e na música!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOmag nas suas publicações.