Gary Kurtz, produtor dos primeiros dois filmes de "Star Wars", morreu aos 78 anos, informou esta segunda-feira o estúdio Lucasfilm.

"O lendário produtor de 'A Guerra das Estrelas' (1977) e 'O Império Contra-Ataca' (1980) morreu no domingo", informou um comunicado.

"Figura-chave na história de 'Star Wars' e da Lucasfilm, os dons de Kurtz para a narração das histórias podem ser sentidos em toda a sua obra", acrescentava a declaração.

Gary Kurtz e George Lucas

Kurtz morreu de cancro em Londres, segundo a imprensa.

O produtor trabalhou pela primeira vez com George Lucas, o criador do universo "Star Wars", em "American Graffiti" de 1973. No ano seguinte, ele recebeu a sua primeira indicação para os Óscares, partilhada com Francis Ford Coppola.

Em 1978 foi nomeado pela segunda vez pelo primeiro filme "Star Wars, filme que ganhou um total de seis estatuetas.

Segundo o site Variety, Kurtz deixou de trabalhar com George Lucas depois de terem enfrentado problemas nos bastidores do Episódio V, "O Império Contra-Ataca".

Numa entrevista em 2010 ao Los Angeles Times, Kurtz disse que o negócio do merchandising, principalmente o dos brinquedos, tinham-se tornado a principal razão para fazer os filmes, o que considerou uma "vergonha".

Entre os que prestaram homenagem a Kurtz, destaca-se Mark Hamill, o intérprete de Luke Skywalker: "Perdi o amigo de uma vida. O mundo perdeu um artista e cineasta gentil, sábio e multi-talentoso cujas contribuições para o cinema não podem ser exageradas. Foi uma honra ter trabalhado com ele e sei que uma pessoa melhor só por tê-lo conhecido".

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.