A dinâmica de vitória de
«Nas Nuvens» pode reflectir-se no galardão de Melhor Argumento Adaptado, que seria uma forma de premiar Jason Reitman, que além de realizar também co-assina o argumento, e que pode ser um prémio de consolação caso não ganhe os troféus de Melhor Realizador e Melhor Filme. À partida, é o candidato com mais hipótese, até pelas qualidades do próprio trabalho.

Mesmo assim, há mais três filmes nesta categoria que os membros da Academia colocaram entre os dez melhores do ano e que, por isso, podem reunir votos suficientes para uma estatueta dourada.

Os votantes pode aproveitar aqui a oportunidade para recompensar o talento de
Neill Blomkamp pelo seu trabalho excepcional em
«Distrito 9», em que adapta uma curta-metragem de sua autoria, ou reconhecer o talento literário de
Nick Hornby em
«Uma Outra Educação», aqui a adaptar um livro de Lynn Barber. O trabalho de Geofrey Fletcher em
«Precious», na adaptação sempre difícil de um romance em toada de «stream of consciousness» como é «Push», de Sapphire, também poderá merecer a atenção da Academia.

Nomeados a Melhor Argumento Adaptado

«Distrito 9»,
Neill Blomkamp e Terri Tatchell

«Uma Outra Educação»,
Nick Hornby

«In The Loop»,
Jesse Armstrong, Simon Blackwell,
Armando Iannucci, Tony Roche

«Precious»,
Geoffrey Fletcher

«Nas Nuvens»,
Jason Reitman e
Sheldon Turner

E o vencedor é

«Precious»,
Geoffrey Fletcher

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.