Apesar do número recorde de 774 profissionais do cinema convidados este ano a integrar a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood (entre os quais o realizador português Pedro Costa), e a terem assim direito a voto na altura de designar os nomeados e vencedores dos Óscares, não é líquido que todos eles entrem efetivamente para a prestigiada instituição: todos eles têm de aceitar primeiro e nem sempre isso acontece.

Viggo Mortensen é um dos casos mais célebres: ele foi convidado a integrar a Academia em 2004 na sequência do sucesso da trilogia “O Senhor dos Anéis”, em que ele tinha um dos papéis principais, e recusou. Em 2008, o convite terá voltado a surgir na sequência da sua nomeação ao Óscar por “Promessas Perigosas” e a recusa manteve-se.

Em 2012, um representante do ator justificou a decisão ao “Los Angeles Times” assinalando que “Viggo não gosta de julgar a arte oficialmente”.Contudo, durante a promoção do filme “Capitão Fantástico”, pelo qual o ator foi novamente nomeado ao Óscar este ano, Mortensen já dera a entender que aceitaria caso fosse outra vez convidado. E assim foi: um representante do ator acaba de confirmar que ele aceitará o convite da Academia mas declinou prestar qualquer outro esclarecimento.

O caso mais célebre de um profissional que recusou o convite para ser membro da Academia, e que o fez várias vezes ao longo dos anos, é o de Woody Allen. Nomeado 24 vezes aos Óscares (enquanto realizador, ator ou argumentista) e vencedor de quatro estatuetas, ele sempre se recusou a responder aos convites da instituição. Conta-se que no início dos anos 90, Karl Malden, então Presidente da Academia, terá dito ao cineasta que a Academia deixaria de o incomodar com convites caso ele fizesse uma doação considerável para a biblioteca da Academia e que Allen terá enviado um cheque uma semana depois.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.