O realizador Miguel Gonçalves Mendes está a finalizar um documentário sobre e com o ensaísta Eduardo Lourenço intitulado "O Labirinto da Saudade", que deverá estrear-se nos cinemas depois do verão, disse à agência Lusa o produtor Vasco Sequeira.

"O Labirinto da Saudade - Psicanálise Mítica do Destino Português", o ensaio que Eduardo Lourenço publicou em 1978, dá o mote para este documentário ambicioso, como descreveu o produtor, cuja rodagem decorreu maioritariamente no Buçaco e em Curia, e que será concluída no final de março.

"É o grande escritor português. Não temos mais ninguém como ele. Não há mais ninguém com a força dele", disse Vasco Sequeira, produtor de 38 anos que convidou Miguel Gonçalves Mendes para assumir a realização do filme, qu já retratou Mário Cesariny em "Autografia" (2004) e José Saramago e Pilar del Río em "José e Pilar" (2010).

Vasco Sequeira explicou que, apesar de revelar o percurso pessoal e literário de Eduardo Lourenço, de 93 anos, o documentário, do ponto de vista formal, é apresentado como um sonho.

Grande parte da rodagem aconteceu num hotel no Buçaco, como forma de apresentar Eduardo Lourenço como um hóspede que revisita, em cada divisão, pensamentos e fases da vida.

"É uma maneira de se falar da infância, das memórias, do percurso militar, do casamento, mas também do que Eduardo Lourenço pensa sobre Portugal, sobre a Europa, sobre Fernando Pessoa, por exemplo".

Além de Eduardo Lourenço, no filme participam o arquiteto Álvaro Siza Vieira, a escritora Lídia Jorge, o humorista brasileiro Gregório Duvivier, a jornalista e tradutora Pilar del Río e o ator Diogo Dória, aos quais se deverá juntar ainda a artista plástica Paula Rego, convidada para entrar nos últimos dias de rodagem.

De acordo com a revista digital Blimunda - que assistiu à rodagem - no filme entram ainda a cantora Adriana Calcanhotto, o jornalista José Carlos de Vasconcelos e o escritor Gonçalo M. Tavares.

O filme tem argumento de Sabrina Marques e Diogo Figueira, um ambiente que faz lembrar, segundo o produtor, o cinema italiano, mas deixa os intérpretes, incluindo Eduardo Lourenço, serem eles próprios.

"O labirinto da saudade" é um documentário da produtora Long Shot, criada há cinco anos, foi feito sobretudo com financiamento privado e tem por ambição fazer o circuito de festivais e chegar ao grande público português.

As entrevistas feitas a propósito deste documentário serão reunidas posteriormente num livro.

Tudo o que se passa à frente e atrás das câmaras!

Receba o melhor do SAPO Mag, semanalmente, no seu email.

Os temas quentes do cinema, da TV e da música!

Ative as notificações do SAPO Mag.

O que está a dar na TV, no cinema e na música!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOmag nas suas publicações.