«O Cônsul de Bordéus» é protagonizado por
Vítor Norte, no papel de Aristides de Sousa Mendes, o diplomata português que, à revelia de Oliveira Salazar, atribuiu cerca de trinta mil vistos a refugiados perseguidos pelo regime nazi em 1940.

O filme centra-se precisamente neste período, em Junho de 1940, durante o qual o antigo cônsul em Bordéus ajudou milhares de judeus e refugiados a viajarem para Portugal ou Estados Unidos.

O argumento é de João Nunes e António Torrado.
Francisco Manso é o realizador português de filmes como
«A Ilha dos Escravos» e
«O Último Condenado à Morte», e
João Correa é um cineasta português radicado em Bruxelas, que há cerca de dez anos que investiga a vida de Sousa Mendes.

SAPO/Lusa

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.