O anfitrião Chris Rock deu início neste domingo à 88ª cerimónia dos Óscares, no Dolby Theater em Hollywood, com um forte discurso sobre o problema da diversidade na maior indústria de entretenimento do mundo.

"Bem, estou nos Óscares da Academia, também conhecidos como White People’s Choice", ironizou, referindo-se à ausência de nomeados negros nas principais categorias.

"Vocês dão-se conta de que, se eles nomeassem os anfitriões, nem teria este trabalho? Todos vocês estariam a ver Neil Patrick Harris neste exato momento", brincou.

Em seguida, o comediante destacou que esta sempre foi a história de Hollywood e que, nos anos 1960, ninguém protestava por isso.

"É a 88ª edição dos Óscares, o que significa que essa coisa toda de 'sem nomeados negros' aconteceu pelo menos outras 71 vezes, ok? Vocês precisam perceber que isso aconteceu nos anos 1950, 1960", afirmou Rock.

"Sabem, quando a sua avó está pendurada numa árvore, é muito difícil preocupar-se com a melhor curta de documentário estrangeiro", provocou.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.