A atriz portuguesa Joana Ribeiro foi selecionada para o programa europeu de talentos "Shooting Stars", que decorrerá em fevereiro no festival de cinema de Berlim, foi hoje anunciado.

Este programa é uma iniciativa do European Film Promotion, que pretende dar a conhecer novos nomes da representação no cinema europeu e decorre habitualmente no festival de Berlim, durante o qual os atores e atrizes selecionados participam em oficinas e recebem um prémio.

Na 23.ª edição, entre os dez atores e atrizes escolhidos está Joana Ribeiro, 27 anos, que trabalhado sobretudo em televisão e cinema, tendo feito a estreia em 2012 na telenovela "Dancin'Days".

No cinema, depois de ter participado em curtas-metragens e na longa-metragem "A uma hora incerta" (2015), de Carlos Saboga, Joana Ribeiro fez a estreia em produções internacionais com "O homem que matou D. Quixote", de Terry Gilliam.

Depois disso, a atriz integrou o elenco de "Infinite", de Antoine Fuqua, de "Fatima", de Marco Pontecorvo, e da série "The dark tower", produzida pela Amazon, ambos com estreia marcada para este ano.

Joana Ribeiro acabou de participar ainda nos novos filmes de Bruno Gascon ("A sombra") e Carlos Conceição ("Um fio de baba escarlate").

A última vez que Portugal esteve representado no programa "Shooting Stars" foi em 2017 com a participação de Victoria Guerra.

Em anos anteriores, foram selecionados Afonso Pimentel (2007), Nuno Lopes (2006), Marisa Cruz (2005), Ângelo Torres (2004), Leonor Baldaque (2003), Carla Bolito (2002), Alexandre Pinto (2001), Rita Durão e Francisco Nascimento (2000), Diogo Infante e Ana Moreira (1999) e Beatriz Batarda (1998).

A 70.ª edição do festival de cinema de Berlim decorrerá de 20 e fevereiro a 1 de março.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.