Três semanas antes da estreia nos cinemas, um doente em estado terminal na Inglaterra concretizou o desejo de ver "Star Wars: Episódio IX - A Ascensão de Skywalker".

O Rowans Hospice partilhou a imagem do funcionário da Disney que se deslocou esta sexta-feira "com um portátil que tinha um filme muito importante", que o seu "espantoso paciente já viu com o filho".

O realizador J.J. Abrams deu "A Ascensão de Skywalker" como fechado no domingo.

Foi o desfecho feliz de um apelo que começou apenas na quarta-feira, quando o hospício pediu ajuda através das redes sociais para o seu doente e grande fã da saga, que não podia esperar pela estreia do último filme nos cinemas a 20 de dezembro.

A mensagem espalhou-se, recebendo até o apoio de Mark Hamill, que interpreta Luke Skywalker, que disse que a única solução era contactarem a Disney e desejou "boa sorte".

Eventualmente chegou a Bob Iger, o CEO da Disney, que pediu a um médico londrino que partilhou a história e ao hospício para enviarem detalhes, comprometendo-se a "tentar".

Na quinta-feira, dia de Ação de Graças nos EUA, o responsável do estúdio confirmou o visionamento especial, concluindo com o simbólico "Que a Força esteja consigo e com todos nós!"

A anunciada despedida da "geração Skywalker" junta Daisy Ridley, Adam Driver, John Boyega, Oscar Isaac, Domnhall Gleeson, Kelly Marie Tran e Mark Hamill, bem como Billy Dee Williams como Lando Calrissian e a falecida Carrie Fisher como General Leia, com imagens não utilizadas de "O Despertar da Força", além de Keri Russell, Richard E. Grant e Dominic Monaghan,

Chega aos cinemas portugueses a 19 de dezembro.

VEJA O ÚLTIMO TRAILER.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.