A Força ainda continua com a saga, mas não tanto como se esperava: "Star Wars: Episódio IX - A Ascensão de Skywalker" arrecadou uns estimados 175,5 milhões de dólares nos EUA no fim de semana de estreia [aproximadamente 158,42 milhões de euros].

O filme que conclui a história da família Skywalker também conseguiu 198 milhões a nível internacional, fazendo um total de 374 milhões.

Em Portugal, foram 120.093 espectadores entre quarta-feira ao fim da tarde e domingo, praticamente o mesmo (121.546) que conseguiu há dois anos o "Episódio VIII: Os últimos Jedi".

Nos EUA, "A Ascensão de Skywalker" teve a terceira maior estreia de 2019, apenas atrás de "Vingadores: Endgame" e "O Rei Leão", também da Disney, que assim teve sete filmes este ano com receitas de estreia acima dos 100 milhões. Trata-se ainda da 12ª melhor estreia de todos os tempos e a terceira maior do mês de dezembro.

As receitas ficaram quase quase sete vezes acima do que conseguiu o filme que ficou em segundo lugar, "Jumanji: O Nível Seguinte ", com 26,1 milhões, e "Frozen 2", com 12,3 milhões.

Não obstante, "A Ascensão de Skywalker" ficou longe das projeções iniciais de 205 milhões e mesmo as estimativas de sexta-feira, que apontavam para os 193 milhões. Também ficou longe dos 247,9 milhões de "O Despertar da Força" em 2015 e mesmo os 220 milhões de "Os Últimos Jedi" .

Esta trajetória pode ser uma combinação de vários factores: as críticas divididas ou negativas ao filme de J.J. Abrams, uma fadiga com a saga e a estreia sensivelmente uma semana mais tarde do que as dos filmes anteriores, o que fará com muitos estejam ocupados com as festividades de Natal e o vejam mais tarde.

Não foram apenas os críticos de cinema que ficaram divididos: num sinal de insatisfação, os fãs também lhe deram um B+ nos habituais inquéritos CinemaScore realizados à saída dos cinemas.

A trilogia original (1977-1983) não tem resultados disponíveis, mas esta é a cotação mais baixa de todos os outros filmes oficiais da saga: o muito discutido "Os Últimos Jedi" recebeu um A e mesmo um fracasso comercial como "Solo: Uma História de Star Wars" (2018) chegou ao A-, tal como as prequelas "A Ameaça Fantasma" (1999), "Ataque dos Clones" (2002) e "A Vingança dos Sith" (2005).

VEJA O TRAILER.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.