Tom Cruise revelou o título da sequela de "Top Gun" e não vai ser "Top Gun 2".

Numa entrevista ao Access Hollywood, revelou que se vai chamar "Top Gun: Maverick" ou seja, acrescenta a alcunha da personagem do aviador que o tornou uma estrela de cinema em 1986.

"Não queria um número. Não precisamos de um número", garantiu.

O novo filme vai passar-se num mundo muito diferente, dominado pela tecnologia dos drones. No entanto, o ator levantou um pouco a ponta do véu sobre o enredo ao referir que "os aviadores estão de volta, a necessidade da velocidade", numa referência ao "need for speed" que se tornou um símbolo do primeiro "Top Gun: Ases Indomáveis".

"Vamos ter aparelhos grandes e rápidos. Vai ser um filme de competição, como o primeiro... mas uma evolução para o Maverick", acrescentou, garantindo ainda que o filme vai ser "estilisticamente" semelhante ao original.

Na sexta-feira, Cruise voltou a confirmar no talk-show do inglês Graham Norton que a rodagem deve começar no início de 2018.

Para além destes detalhes vagos, sabe-se que Val Kilmer foi convidado há alguns meses para voltar a ser o "Iceman", o rival de "Maverick". Outro regresso é o de Harold Faltermeyer na banda sonora.

Joseph Kosinski, que trabalhou com Cruise em "Esquecido" (2013), é o favorito para a realização.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.